Travelex Bank
  • flag br
  • flag usa

Acesse seu Internet Banking

Acesse o nosso Internet Banking e faça suas operações de câmbio online.

Selecione o tipo de conta

S&P 500: tudo sobre o principal índice dos Estados Unidos

Investimento
Investimento

4 min de leitura

Por: Confidence Câmbio • 21/05/2024

Já ouviu falar sobre o S&P 500, um dos índices mais seguidos do mundo e que reúne as maiores empresas de capital aberto dos Estados Unidos?

Trata-se do melhor indicador de ações de grande capitalização norte-americano. Confira tudo o que você precisa saber sobre o índice e quais as principais vantagens de investir nas companhias que fazem parte dele.

O que é o índice S&P 500?

Criado em 1957 pela agência Standard & Poor’s, o índice tem como objetivo passar um panorama dos movimentos das empresas de capital aberto norte-americanas. Ele é formado pelas 500 maiores organizações com ações negociadas tanto na bolsa de Nova York (NYSE, na sigla em inglês) quanto na bolsa de tecnologia Nasdaq.

No total, ele representa aproximadamente 80% da capitalização de mercado disponível nos EUA. A grande vantagem do S&P é justamente a ampla cobertura. O índice mais tradicional das bolsas norte-americanas, o Dow Jones, foi criado em 1896, 61 anos antes do S&P 500 e contempla apenas 30 empresas.

Com essa grande diferença no leque de companhias, o S&P 500 abrange um panorama mais completo e atualizado do mercado norte-americano, incluindo nomes e marcas de empresas muito populares hoje em dia.

No S&P cada ação tem um peso ponderado de acordo com seu tamanho no mercado, sua liquidez e sua representação de grupo industrial. O cálculo da força segue critérios bem definidos nas regras do índice.

Quais empresas podem fazer parte do S&P 500?

Para fazer parte do índice, a companhia deve cumprir alguns requisitos, como:

  • Ser uma empresa norte-americana;
  • Deve ter capitalização mínima de US$ 14,6 bilhões;
  • Alta liquidez;
  • Ter um free float mínimo de 50% (indicador do mercado financeiro que informa o percentual de ações de uma empresa que está em livre circulação e disponível para acionistas);
  • Ter tido lucro nos resultados apresentados no último trimestre e na soma dos últimos 4 trimestres.
  • Além disso, um comitê se reúne mensalmente para analisar questões que podem afetar essas empresas e, consequentemente, o índice como um todo. Se for preciso, esse conselho faz os ajustes necessários.
  • O mesmo comitê decide também sobre a inclusão, permanência ou exclusão de uma empresa do índice. A ideia é evitar a rotatividade sempre que possível.

Dado o tamanho, a importância do mercado e a representatividade do índice, o S&P 500 é acompanhado de forma ampla ao redor do mundo. Os ativos referenciados ou indexados a ele são estimados em US$ 13,5 trilhões, segundo levantamento da S&P Dow Jones. São, por exemplo, fundos que replicam o desempenho do indicador ou que o usam como referência.

Qualquer pessoa pode acompanhar o índice em tempo real, por meio dos sites de notícias financeiras.

Quais são as principais empresas do S&P 500?

Atualmente as 10 empresas com mais peso no índice são:

  • Apple 
  • Microsoft
  • Amazon
  • Alphabet (Google)
  • Tesla 
  • Berkshire Hathaway (holding do bilionário Warren Buffett)
  • UnitedHealth Group
  • Johnson & Johnson
  • Nvidia 
  • Meta

A área com maior representação no S&P 500 é a da tecnologia da informação, com participação de 28,9%, seguida pela financeira (13%), saúde (12,6%), consumidor discricionário (10,9%), indústria (8,8%), comunicação (8,6%), bens de consumo (6,2%), energia (3,9%), imobiliário (2,5%), materiais (2,4%), utilitários (2,3%).

S&P 500 e Bovespa. Qual a diferença?

O S&P 500 e a Bovespa são índices de referência na renda variável. No Brasil, os dois são utilizados como parâmetros de desempenho das ações. Mas, cada um possui um foco diferente. 

A Bovespa, também conhecida como IBOV, é o principal indicador do comportamento do mercado brasileiro. Ele é composto por cerca de 63 ativos, como Petrobras, Vale S.A e Banco do Brasil S.A.

A primeira diferença está na quantidade de ações, isto é, o índice brasileiro corresponde a cerca de 10% do S&P 500. E em termos de capitalização, o americano sai na frente.

Anualmente, a Bovespa movimenta, em média, US$ 358 bilhões. Já o S&P 500, tem sua capitalização total de mercado na casa dos US$ 31,9 trilhões. 

Como investir no índice S&P 500?

As principais vantagens de investir no exterior envolvem a eliminação do risco Brasil – em que tudo o que acontece no país, como uma crise econômica ou uma turbulência política, afeta os investimentos – e a chance de lucrar com o cenário da economia norte-americana.

Confira os principais meios:

ETFs

ETF é a sigla para Exchange Traded Funds ou fundos negociados em bolsa. Trata-se de fundos de investimentos cuja carteira replica algum índice e cujas cotas são negociadas na bolsa de valores, como se fossem ações.

É possível comprar cotas de 2 ETFs que seguem a composição do índice S&P 500: o iShares S&P 500 (IVVB11) e o It Now S&P 500 (SPXI11). Para investir, basta ter uma conta em uma corretora de valores aqui e comprar as cotas.

Fundos de Investimento

São diversos os fundos de investimento que têm ações de empresas estrangeiras em sua carteira. São fundos que investem 40% do patrimônio em ativos no exterior. Uma das vantagens nesse tipo de aporte é a presença de um profissional especialista para tomar as decisões de investimento.

Importante lembrar que você não vai ter apenas ações do S&P 500, mas também outros ativos que o gestor do fundo entender que fazem sentido para a sua carteira e perfil de investidor.

Por meio de uma corretora de valores nos EUA

Outra forma de investir no índice S&P 500, é abrindo uma conta em uma corretora de valores nos Estados Unidos. De todas as opções possíveis, no entanto, essa é a que traz menos conveniência, porque é um procedimento bastante burocrático.

É preciso traduzir documentos, o que pode elevar os custos, além de declarar Imposto de Renda nos dois países.

Por meio do futuro de S&P 500 na B3

É um produto semelhante ao contrato futuro e ao mini S&P 500 negociado no CME Group, um derivativo que permite ao investidor negociar hoje, a expectativa de preços futuros para a carteira de ações do índice S&P 500.

Vale destacar, mais uma vez, que estamos falando de derivativos, um mercado que é mais arriscado e que exige mais conhecimento que o mercado à vista de ações.

Agora que você já sabe como investir no índice S&P 500 chegou a hora de planejar seus investimentos. Uma conta em um banco especializado em câmbio como o Travelex Bank irá te ajudar muito nesse processo, além de trazer diversos outros benefícios quando o assunto é negócio no exterior.

Quer saber como abrir sua conta? Entre em contato com a nossa equipe.

Continue se informando sobre as principais novidades de economia e soluções de câmbio. Para isso, nos acompanhe nas redes sociais: Instagram, LinkedIn e YouTube.

Faça parte também do grupo Papo de Câmbio, disponível no WhatsApp e Telegram. Diariamente falamos sobre cotação de moedas e muito mais. Cadastre-se neste link. O mercado de câmbio muda a todo momento, por isso reunimos as principais notícias para você ficar sempre antenado. 

Se inscreva neste link e receba semanalmente a newsletter Mercado de Câmbio em 3 minutos.

Travelex Bank

Somos o primeiro banco do país a operar exclusivamente em câmbio, aprovado pelo Banco Central do Brasil. Segurança, confiabilidade e conveniência são nossos diferenciais. No Travelex Bank, geramos negócios rentáveis e de valor.

Travelex Bank

Somos o primeiro banco do país a operar exclusivamente em câmbio, aprovado pelo Banco Central do Brasil. Segurança, confiabilidade e conveniência são nossos diferenciais. No Travelex Bank, geramos negócios rentáveis e de valor.

Conheça nossos produtos e serviços:

importação e exportação

Importação e Exportação

Pagamentos internacionais em diversas moedas para importadores ou exportadores.

siscoserv

Transferências Internacionais

Envios e recebimentos de recursos do exterior de forma simples e descomplicada.

proteção cambial

Proteção Cambial

Veja soluções para ajudar a sua empresa a se proteger das oscilações do câmbio.

abrir conta

Conta Corrente em Moeda Estrangeira

Faça movimentações em moeda estrangeira sempre que desejar.

mass payments facilitadoras de pagamento

Mass Payments - Facilitadoras de Pagamento

Soluções de pagamentos e recebimentos internacionais para facilitadoras.

mass payments remessadoras de pagamento

Mass Payments - Remessadoras de Pagamento

Soluções de pagamentos e recebimentos internacionais para remessadoras.

importação e exportação

Soluções Corporativas

O banco Travelex Bank disponibiliza soluções completas em câmbio, cotação e pagamentos internacionais para empresas que realizam negócios com o exterior.

importação e exportação

Bank Notes

Compra e venda de moedas estrangeiras em espécie para instituições financeiras.

receber adsense

Receber Google Adsense

Recebimentos de pagamentos internacionais feitos pelo Google Adsense.

câmbio turismo

Câmbio Turismo

Dólar, Euro, Cartão Pré-Pago Internacional, Seguro Viagem e Mais.

serviços cambiais

Serviços Cambiais

Veja alguns serviços cambiais disponíveis como cobrança documentária e mais.

Importação & Exportação

Produtos e Canais Bancários

Conheça todo o nosso portifólio de produtos.