Travelex Bank
  • flag br
  • flag usa

Acesse seu Internet Banking

Acesse o nosso Internet Banking e faça suas operações de câmbio online.

Selecione o tipo de conta

Cartão Corporativo

Veja o saldo e extrato do seu cartão corporativo

SALDO E EXTRATO

Como funciona a aquisição de uma empresa?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5.00/5 - 2 avaliações)
carregandoLoading...
Entenda como funciona a aquisição de uma empresa - desktop

3 min de leitura

Por: Travelex Bank • 3 Feb

É comum ouvirmos falar sobre aquisições envolvendo grandes empresas. Você se lembra que, em 2012, o Instagram foi comprado pelo Facebook por US$ 1 bilhão, por exemplo? Manchetes como essa costumam habitar o noticiário porque rendem negócios enormes e significativos, chacoalham dinâmicas já estabelecidas. Mas, essa história de fusão e aquisição ocorre com mais regularidade, justamente, em empresas de pequeno e médio portes. Vamos entender um pouco mais sobre esse assunto.

O que são as aquisições, exatamente?

Uma aquisição acontece quando uma empresa compra a maior parte ou todas as ações de uma outra empresa, obtendo, assim, controle sobre ela.

Como você deve estar imaginando, a compra de mais de 50% das ações e de outros ativos de uma empresa-alvo permite que o comprador (a quem podemos chamar de adquirente) tome decisões sem a aprovação de outros acionistas.

Por que empresas fazem aquisições?

Empresas compram outros negócios por vários motivos. Elas podem simplesmente estar buscando diversificação ou maior participação em determinado mercado; outras vezes, adquirir uma empresa tem potencial para reduzir custos ou gerar novas ofertas.

Voltando ao exemplo que usamos lá no começo do texto: o Facebook é dono das maiores redes sociais e serviços de mensagens do mundo —  o Instagram e o WhatsApp —, com uma dominância de mais de 70% do mercado de redes sociais. Em 2014, a compra do WhatsApp pelo Facebook, aliás, está entre os maiores negócios do mercado de tecnologia: foi fechado por nada menos do que 22 bilhões de dólares. Dá até para esquecer do US$ 1 bilhão oferecido ao Instagram, não é mesmo?

Listamos possíveis razões para empresas fazerem aquisições:

  • É uma forma de entrar em um mercado estrangeiro. Pode soar como uma obviedade, mas, fazer uma aquisição é uma das maneiras mais fáceis de introduzir uma empresa no mercado externo, principalmente em se tratando de expansão de operações para além da fronteira. A organização comprada já terá recursos humanos, marca registrada e outros ativos intangíveis, por vezes, uma base sólida para um novo entrante.
Aquisição de empresa - texto
  • Como estratégia de crescimento. Restrições físicas, logísticas, esgotamento de recursos, entre outros muitos fatores que podem impactar no crescimento de um negócio, tornam sensato estudar uma aquisição antes de sobrecarregar sua empresa em áreas que não domina. Há vantagens em procurar negócios pequenos, jovens e promissores para adquirir e incorporar ao fluxo de receita como uma nova forma de lucro.
  • Para reduzir o excesso de capacidade e diminuir a competição. Se houver muita concorrência ou oferta, as empresas podem buscar aquisições para reduzir o excesso de capacidade, eliminar a concorrência e se concentrar nos fornecedores mais produtivos, por exemplo.
  • Para obter uma nova tecnologia. Às vezes, pode ser mais econômico comprar outra empresa que já implementou uma nova tecnologia com sucesso do que gastar tempo e dinheiro para desenvolver uma outra.

Aquisição, takeover ou fusão?

Embora, tecnicamente, as palavras pareçam significar a mesma coisa, elas têm nuances diferentes. Em geral, “aquisição” descreve uma transação amigável, em que ambas as empresas (a que compra e a que está sendo comprada) cooperam; “takeover”, também conhecida como aquisição hostil, sugere que a empresa-alvo resiste ou se opõe fortemente à compra; enquanto o termo “fusão” é usado nos casos em que a empresa compradora e empresa-alvo se combinam para formar uma terceira instituição, completamente nova.

Como avaliar empresas para aquisição

Antes de fazer uma aquisição, é fundamental avaliar alguns pontos-chave:

1. Preço compatível : Os parâmetros que os investidores usam para avaliar um candidato à aquisição variam de acordo com o setor.

2. Examine a dívida: Uma empresa-alvo com um nível excepcionalmente alto de passivos deve ser vista como um alerta de problemas potenciais à frente. Cuidado!

3.Examine as finanças: Um bom alvo para aquisição terá demonstrações financeiras claras e bem organizadas, o que permite ao comprador examinar suas contas. Sem contar que finanças completas e transparentes também ajudam a prevenir surpresas indesejadas após a conclusão da aquisição.

4. Busque uma consultoria: Estude a viabilidade da aquisição com o suporte e consultoria de parceiros.

Se você já comprou ou ainda está pensando em comprar ações ou uma empresa no exterior, lembre-se de que o Travelex Bank é o parceiro ideal para a sua operação em moeda estrangeira. Conte com o nosso time de especialistas em câmbio e garanta mais segurança e tranquilidade.

Travelex Bank, o seu banco de câmbio!

Compartilhe esse post.

Preencha seus dados e receba as novidades do Travelex Bank

Travelex Bank

Somos o primeiro banco do país a operar exclusivamente em câmbio, aprovado pelo Banco Central do Brasil. Segurança, confiabilidade e conveniência são nossos diferenciais. No Travelex Bank, geramos negócios rentáveis e de valor.

Travelex Bank

Somos o primeiro banco do país a operar exclusivamente em câmbio, aprovado pelo Banco Central do Brasil. Segurança, confiabilidade e conveniência são nossos diferenciais. No Travelex Bank, geramos negócios rentáveis e de valor.