Travelex Bank
  • flag br
  • flag usa

Acesse seu Internet Banking

Acesse o nosso Internet Banking e faça suas operações de câmbio online.

Selecione o tipo de conta

Cartão Corporativo

Veja o saldo e extrato do seu cartão corporativo

SALDO E EXTRATO

Ata do Copom fica no radar em dia com exterior positivo

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5,00/5 - 4 avaliações)
carregandoLoading...
Resumo de Mercado

3 min de leitura

Por: Travelex Bank • 3 nov

Além do destaque da Ata do Copom, atenção do exterior fica em eleições nos EUA

AGENDA DE EVENTOS 03/11/2020

BRASIL
08:00 BC: Divulgação da ata do Copom
08:00 FGV:IPC-S – Out
08:25 BC: Relatório Focus – Semanal
10:00 IHS Markit: Índice PMI da indústria de transformação – Out
15:00 Economia/Secex: Balança comercial mensal – Out
Após o fechamento: Balanço do Itaú Unibanco

EUA
12:00
Dept° do Comércio: encomendas à indústria – Set
18:30 API: Estoques de petróleo e derivados – semana até 30/10
Após o fechamento: Eleição para Presidência e Congresso

EURO
Sem Destaques

ÁSIA
Japão:
Feriado nacional mantém mercados fechados
20:50 Japão: BoJ divulga ata de reunião de política monetária
22:45 China: Caixin: PMI composto – Out

Brasil

BRASIL
Ata do Copom fica no radar em dia com exterior positivo
Por Pedro Molizani – Trader Mesa de Câmbio Travelex Bank

A semana começa com a eleição presidencial dos Estados Unidos no centro dos holofotes globais. A possível reeleição de Donald Trump ou a possibilidade da corrida à Casa Branca ser conquistada pelo democrata Joe Biden divide as atenções com a ata do Copom que será divulgada hoje no mercado doméstico.

No que se refere a esta última, verifica-se que a divulgação da ata do Comitê de Política Monetária será importante a fim de entender melhor o tom dovish do comunicado da semana passada. Não obstante, os ativos locais podem ser beneficiados pelas altas dos índices internacionais à medida em que o dólar mais fraco perante outras divisas de países emergentes pode trazer certo alívio para a moeda norte-americana (cuja cotação se encerrou na sexta-feira no patamar de R$ 5,73, em uma alta de 43% no presente ano).

Por fim, migrando para a esfera política, tem-se a paralisação dos trabalhos da Comissão Mista de Orçamento devido ao embate entre autoridades de Brasília. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, verbalizou no dia de ontem que “quem vai pagar a conta dessa obstrução de pauta é o Brasil”. Ademais, acerca das eleições norte-americanas, tem-se que o presidente da República, Jair Bolsonaro, fora aconselhado a permanecer neutro frente às incertezas vindas dos Estados Unidos.

Mundo

MUNDO
Dia de eleição nos EUA

Por Pedro Molizani – Trader Mesa de Câmbio Travelex Bank

As bolsas europeias e os índices futuros de Nova York operam em alta nesta terça-feira. Investidores ao redor do mundo debruçam suas atenções para a eleição presidencial norte-americana no dia de hoje. Não obstante, dados sobre a atividade industrial dos Estados Unidos foram bem recebidos pelos agentes econômicos e impulsionaram as bolsas em solo estadunidense. Às 7h20, a Bolsa de Londres subia 1,15%, a de Frankfurt avançava 0,67% e a de Paris se valorizava 1,03%. No mesmo horário, no mercado futuro, o Dow Jones subia 1,68%, o S&P 500 avançava 1,42% e o Nasdaq se valorizava 0,96%. Por fim, do outro lado do globo, as bolsas asiáticas fecharam em alta expressiva no dia de hoje, sendo sustentadas por dados de atividade manufatureira de grandes economias – como os EUA e a China. O Xangai Composto subiu 1,42%, o Hang Seng se valorizou 1,96% em Hong Kong e o sul-coreano Kospi garantiu alta de 1,88% em Seul. No Japão, a Bolsa de Tóquio não operou devido a um feriado nacional. Na Oceania, a bolsa australiana se valorizou também, o S&P/ASX 200 avançou 1,93% em Sydney.

Eleições nos Estados Unidos: a reação dos mercados globais em um dia tão importante e preenchido por tensões – em meio a corrida à Casa Branca – se materializa, gradualmente, em um ótimo humor. A tendência, sob muitas óticas, é de que o vencedor das eleições norte-americanas injete mais estímulos fiscais nos Estados Unidos, fomentando, desse modo, o Produto Interno Bruto da maior potência do mundo. Todavia, certa cautela se mantém na troca de acusações entre os dois canditados e, em última instância, na judicialização do processo eleitoral americano. Não obstante, transladando o fato para solo pátrio, verifica-se que, caso a vitória de Joe Biden se concretize, a inserção do Brasil no cenário internacional fique prejudicada frente ao alinhamento explícito do presidente da República, Jair Bolsonaro, para com o republicano Donald Trump e, ademais, certa pressão aumente no que se refere à preservação do meio ambiente, uma vez que, conforme fora possível enxergar nos discursos de Biden, uma agenda sustentável tem potencial forte de ser trazida à luz da realidade.

Fonte: Broadcast

Compartilhe esse post.

Preencha seus dados e receba as novidades do Travelex Bank

Travelex Bank

Somos o primeiro banco do país a operar exclusivamente em câmbio, aprovado pelo Banco Central do Brasil. Segurança, confiabilidade e conveniência são nossos diferenciais. No Travelex Bank, geramos negócios rentáveis e de valor.

Travelex Bank

Somos o primeiro banco do país a operar exclusivamente em câmbio, aprovado pelo Banco Central do Brasil. Segurança, confiabilidade e conveniência são nossos diferenciais. No Travelex Bank, geramos negócios rentáveis e de valor.