Travelex Bank
  • flag br
  • flag usa

Acesse seu Internet Banking

Acesse o nosso Internet Banking e faça suas operações de câmbio online.

Selecione o tipo de conta

Cartão Corporativo

Veja o saldo e extrato do seu cartão corporativo

SALDO E EXTRATO

Mercado digere fala de Maia enquanto temor com coronavírus na China aumenta

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5.00/5 - 1 avaliações)
carregandoLoading...
Mercado digere fala de Maia

3 min de leitura

Por: Travelex Bank • 23 Jan

Travelex Bank, O seu banco de câmbio!

Mercados internacionais sinalizam queda com crescente disseminação do vírus

Mercado digere fala de Maia enquanto temor com coronavírus na China aumenta. Mercados internacionais sinalizam queda crescente. Leia o resumo completo.

BRASIL
09:00
IPCA-15 – Jan
10:30 Em Davos, ministro da Economia, Paulo Guedes, participa de mesa-redonda sobre regras na economia global, no Encontro Informal de Líderes Econômicos Mundiais

Receita: Arrecadação federal – Dez
12:00 Em Davos, ministro da Economia, Paulo Guedes, participa de painel sobre a dominância do dólar no Fórum Econômico Mundial

E.U.A.
10:30
Deptº do Trabalho: Pedidos de auxílio-desemprego – semana até 18/01
13:00 DoE: Estoques de petróleo bruto – semana até 17/01Fed Kansas: Índice de atividade industrial composto – Jan
15:00 Tesouro divulga resultado de leilão de US$14 bilhões em Tips (títulos indexados à inflação) de 10 anos

EURO
09:45
Banco Central Europeu (BCE) anuncia decisão de política monetária
10:15 Chanceler alemã, Angela Merkel discursa no Fórum Econômico Mundial em Davos

ÁSIA
20:50
Banco do Japão (BoJ) divulga ata da reunião de política monetária de outubro

BRASIL
Mercado digere fala de Maia enquanto temor com coronavírus na China aumenta

Por Diego Sato – Trader Mesa de Câmbio Travelex Bank

O investidor inicia os negócios nesta quinta-feira de olho na divulgação do IPCA-15 de janeiro e terá que se ajustar aos sinais mistos moderados das bolsas europeias e dos índices futuros de Nova York, após perdas significativas dos mercados na Ásia mais cedo, lideradas pelos índices chineses em meio à disseminação de novo coronavírus. O surto teve início na cidade de Wuhan, na região central da China, que está isolada desde ontem, e já infectou mais de 570 pessoas e causou ao menos 17 mortes, segundo o jornal chinês Global Times. Outros casos já foram registrados em pelo menos outros cinco países, inclusive nos EUA, além de um caso suspeito no Brasil, que está sendo investigado em Minas Gerais.

Vale lembrar que amanhã começa um feriado de uma semana na China, na qual tradicionalmente pessoas viajam, podendo aumentar a disseminação do coronavírus. Investidores esperam uma posição da Organização Mundial de Saúde (OMS) sobre declarar ou não emergência de saúde pública em decorrência do surto. Paralelamente, os investidores aguardam a decisão de política monetária do Banco Central Europeu (BCE) e do discurso da presidente da instituição, Christine Lagarde, que poderá uma propor revisão das estratégias de política monetária. A entidade deverá manter a taxa de juros inalterada. No Brasil, os analistas financeiros esperam uma desaceleração do IPCA-15, na qual poderá reforçar uma queda nos juros futuros de curto prazo e aumentar as apostas em novo afrouxamento monetário em fevereiro.

Ainda por aqui, o mercado digere a sinalização, ontem à noite, do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, de que a comissão mista da reforma tributária deve ser instalada na primeira semana de fevereiro e que esse projeto e a proposta de reforma administrativa são algumas das prioridades da Casa. Maia disse ainda, após reunião com o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, que os dois projetos de interesse da autarquia – o de autonomia do BC e o da nova lei cambial – já estão na Câmara e serão prioridades para o primeiro semestre.

MUNDO
Mercados sinalizam queda com crescente disseminação do coronavírus na China

Por Diego Sato – Trader Mesa de Câmbio Travelex Bank

As bolsas europeias e futuros de Nova York operam em sua grande maioria em baixa nesta manhã diante das crescentes preocupações com a disseminação de um novo coronavírus na China. No radar também segue o Fórum Econômico Mundial, que prossegue em Davos. Investidores na Europa também aguardam decisão de política monetária do Banco Central Europeu (BCE).

Às 7h19, a Bolsa de Londres perdia 0,21%, a de Frankfurt tombava 0,31% e a de Paris estava em leve alta de 0,07%. O Dow Jones futuro caía 0,09%, o S&P500 futuro tinha baixa de 0,02% e o Nasdaq futuro avançava 0,03%. O euro estava em US$ 1,1086, de US$ 1,1093 no fim da tarde de ontem. Já na Ásia, as bolsas chinesas fecharam em forte baixa, em meio a preocupações com a disseminação do coronavírus na China durante o feriado de uma semana no país, que começa amanhã e que manterá os mercados financeiros locais fechados.

O surto de ccoronavírus já infectou mais de 570 pessoas e causou ao menos 17 mortes. O Xangai Composto recuou 2,75% e o Shenzhen Composto derreteu 3,45%. O japonês Nikkei recuou 0,98% em Tóquio, o Hang Seng cedeu 1,52% em Hong Kong, e o sul-coreano Kospi caiu 0,93% em Seul.

Fonte: Broadcast

Compartilhe esse post.

Preencha seus dados e receba as novidades do Travelex Bank

Travelex Bank

Somos o primeiro banco do país a operar exclusivamente em câmbio, aprovado pelo Banco Central do Brasil. Segurança, confiabilidade e conveniência são nossos diferenciais. No Travelex Bank, geramos negócios rentáveis e de valor.

Travelex Bank

Somos o primeiro banco do país a operar exclusivamente em câmbio, aprovado pelo Banco Central do Brasil. Segurança, confiabilidade e conveniência são nossos diferenciais. No Travelex Bank, geramos negócios rentáveis e de valor.