Travelex Bank
  • flag br
  • flag usa

Acesse seu Internet Banking

Acesse o nosso Internet Banking e faça suas operações de câmbio online.

Selecione o tipo de conta

Cartão Corporativo

Veja o saldo e extrato do seu cartão corporativo

SALDO E EXTRATO

Dólar segue no foco em dia de PTAX

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5.00/5 - 2 avaliações)
carregandoLoading...
dólar ptax

3 min de leitura

Por: Travelex Bank • 29 Nov

Resumo de Mercado Travelex Bank, o seu banco de câmbio.

Exterior mantém cautela com EUA-China

BRASIL
09:00 IBGE: taxa de desemprego
12:00 BC oferta até R$ 3 bilhões em títulos públicos em operação compromissada de três meses

E.U.A., EURO, ÁSIA
Sem Destaques

BRASIL
Dólar segue no foco em dia de PTAX
Por Pedro Molizani – Trader Mesa de Câmbio Travelex Bank

Após uma semana muito tensa, com dólar se aproximando de R$ 4,28, os mercados locais podem dar continuidade ao movimento de acomodação da véspera. Ontem a moeda a vista fechou a R$ 4,21, após a revisão para cima das exportações brasileiras de novembro e mesmo dia em que o BC fez leilão de venda à vista de US$ 1 bilhão, o quarto na semana. Hoje pode haver alguma volatilidade no câmbio diante da disputada pela formação da última Ptax de novembro e o dólar opera sem direção única ante outras moedas emergentes, mas predomina o viés de queda.

O BC não anunciou novos leilões de venda à vista, apenas as operações cambiais diárias para rolagem dos vencimentos de swap de fevereiro a partir de segunda-feira, com leilões conjugados de venda à vista de dólares, venda de contratos de swap cambial reverso e venda de contratos de swap cambial tradicional. Com o alívio no câmbio, voltou a crescer na curva de juro a termo a chance de corte de 50 pontos-base da Selic em dezembro, para 4,5%. O mercado segue vendo o cenário tranquilo para inflação, mas fica atento aos sinais de pressão, como o preço da arroba do boi gordo, que em São Paulo teve aumento real de nada menos que 35% em um mês. A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse ontem que o preço da carne não vai baixar. O presidente Jair Bolsonaro, em transmissão pela internet, no entanto, declarou que a ministra garantiu que, daqui a três ou quatro meses o preço da carne volta à normalidade.

Conforme apurou o Broadcast, a alta da carne bovina tende a desacelerar em janeiro, reduzindo a pressão das carnes sobre o IPCA. No radar segue também a discussão da prisão em segunda instância no Congresso. Segundo a Coluna do Estadão, parlamentares avaliam nos bastidores que nas duas Casas há forte grupo interessado em empurrar o tema com a barriga, fazendo a PEC andar no início, mas ir desacelerando com o tempo até deixar o tema morrer. No exterior, em meio às incertezas com as negociações comerciais entre Estados Unidos e China e indicadores mistos na Europa, a maioria das principais bolsas internacionais tem sinal negativo. Os temores aumentaram após o presidente dos EUA, Donald Trump, sancionar na quarta-feira uma lei que apoia as manifestações em Hong Kong. E o fato de os mercados americanos fecharem mais cedo com a Black Friday tende a afetar a liquidez de um modo geral.

MUNDO
Exterior segue cauteloso com EUA-China

Por Pedro Molizani – Trader Mesa de Câmbio Travelex Bank

As principais bolsas europeias e os índices futuros das bolsas de Nova York operam em baixa nesta manhã, em meio a dados mistos da economia europeia e incertezas sobre as negociações comerciais entre EUA e China, depois que o presidente americano, Donald Trump, sancionou na quarta-feira (27) legislação que apoia as manifestações em Hong Kong.

Hoje, as bolsas americanas à vista encerram o pregão mais cedo, depois de não operarem ontem em função do feriado do Dia de Ação de Graças nos EUA. Às 7h29, no mercado futuro, Dow Jones caía 0,10%, S&P 500 também recuava 0,21% e Nasdaq tinha queda de 0,28%. Na Europa, Bolsa de Londres cedia 0,18%, Frankfurt recuava 0,13%, e Paris tinha viés de alta de 0,04%. As bolsas asiáticas fecharam em baixa generalizada nesta sextafeira, com investidores à espera de desdobramentos das negociações comerciais entre Estados Unidos e China após uma recente escalada nas tensões ligadas a Hong Kong.

Os negócios na Ásia estão pressionados desde que o presidente dos EUA, Donald Trump, decidiu na quarta-feira (27) sancionar legislação do Congresso americano que apoia a onda de manifestações iniciada há cerca de seis meses em Hong Kong. Em reação ao gesto de Trump, a China prometeu tomar “contramedidas”. O índice Hang Seng liderou as perdas hoje, com queda de 2,03% em Hong Kong. Na China continental, o Xangai Composto recuou 0,61% e o menos abrangente Shenzhen Composto caiu 0,30%. O Nikkei caiu 0,49% em Tóquio, e o sulcoreano Kospi recuou 1,45% em Seul. Na Oceania, o S&P/ASX 200 caiu 0,26% em Sydney.

Fonte: Broadcast

Compartilhe esse post.

Preencha seus dados e receba as novidades do Travelex Bank

Travelex Bank

Somos o primeiro banco do país a operar exclusivamente em câmbio, aprovado pelo Banco Central do Brasil. Segurança, confiabilidade e conveniência são nossos diferenciais. No Travelex Bank, geramos negócios rentáveis e de valor.

Travelex Bank

Somos o primeiro banco do país a operar exclusivamente em câmbio, aprovado pelo Banco Central do Brasil. Segurança, confiabilidade e conveniência são nossos diferenciais. No Travelex Bank, geramos negócios rentáveis e de valor.