Travelex Bank
  • flag br
  • flag usa

Acesse seu Internet Banking

Acesse o nosso Internet Banking e faça suas operações de câmbio online.

Selecione o tipo de conta

Cartão Corporativo

Veja o saldo e extrato do seu cartão corporativo

SALDO E EXTRATO

Coronavírus reacende preocupação global e pressiona mercados em dia de PIB dos EUA e encontro entre Maia e Guedes

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5.00/5 - 1 avaliações)
carregandoLoading...
corona reascende

3 min de leitura

Por: Travelex Bank • 30 Jan

Travelex Bank, O seu banco de câmbio!

BRASIL
08:00
FGV: FGV: IGP-M
FGV: Sondagem de Serviços – Jan
09:00 Presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e ministro da Economia, Paulo Guedes, participam de painel do CLP sobre agenda econômica e reformas em 2020, em São Paulo
11:00 Secretário Especial de Desburocratização, Paulo Uebel, participa de painel do CLP sobre transformação do Estado, em São Paulo

E.U.A.
10:30
Deptº do Comércio: Produto Interno Bruto (PIB) – 4ºtri (1ª estimativa)
10:30 Deptº do Trabalho: Pedidos de auxíliodesemprego – semana até 25/01
22:00 Presidente Donald Trump realiza comício em Des Moines, Iowa

EURO
09:00
Banco da Inglaterra (BoE) anuncia decisão de política monetária
20:00 Reino Unido deixa a União Europeia (UE), processo conhecido como Brexit. O horário citado corresponde à meia-noite do dia 31 de janeiro pelo horário de Bruxelas

ÁSIA
22:00
CFLP: índice de gerentes de compras (PMI) industrial – Jan

BRASIL
Coronavírus reacende preocupação global e pressiona mercados em dia de PIB dos EUA e encontro entre Maia e Guedes

Por Diego Sato – Trader Mesa de Câmbio Travelex Bank

A disseminação do novo coronavírus no mundo volta a pressionar os mercados globais nesta manhã, com bolsas e petróleo em queda firme e o dólar avançando ante a maioria das moedas emergentes e ligadas a commodities. Ontem, a moeda americana atingiu sua máxima intraday este ano, cotada a R$ 4,2253. Hoje a Organização Mundial da Saúde (OMS) fará uma reunião de emergência para decidir se declara o surto de coronavírus como emergência global de saúde pública. A região autônoma do Tibete, na China, confirmou seu primeiro caso de pessoa infectada pelo coronavírus, assim como Índia e Filipinas, elevando para 18 países e quatro territórios onde há registros da epidemia, que já infectou quase 8 mil pessoas na China e causou mais de 170 mortes.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou ontem à noite a criação de uma força-tarefa para combater o surto de coronavírus, mas o governo disse que manterá as tarifas sobre as importações de produtos chineses mesmo que o crescimento das contaminações por coronavírus afetem o crescimento chinês. Também ontem, o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, disse que ainda é muito cedo para especular sobre o impacto econômico global da epidemia. Já por aqui foram contabilizados nove casos suspeitos em seis Estados, levando o presidente Jair Bolsonaro a recriar um grupo interministerial para tratar de emergências de saúde pública. Paralelamente, o investidor aguarda ainda pela divulgação do PIB americano no 4º trimestre, além da decisão do Banco da Inglaterra sobre juros, além de uma série de balanços de peso, como da Amazon, Coca Cola e Verizon, e o IGP-M de janeiro.

Também hoje o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), participam de painel sobre a agenda econômica e de reformas, em São Paulo. Ontem Maia disse esperar que o governo encaminhe a reforma administrativa na semana que vem e que acredita que o projeto será aprovado. Ele disse ainda que até abril a reforma tributária deve estar “resolvida” na Câmara e que se Congresso e governo “trabalharem bem”, conseguem aprovar a PEC Emergencial, que flexibiliza regras fiscais, rapidamente. Maia também atacou o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, ao dizer que o PIB não deve ser tão bom em 2020 por causa de questões ambientais.

MUNDO
Em dia de PIB americano, mercados recuam com avanço do coronavírus

Por Diego Sato – Trader Mesa de Câmbio Travelex Bank

As bolsas europeias e os índices futuros de Nova York operam em baixa nesta manhã, reagindo à disseminação da epidemia de coronavírus, que continua fazendo vítimas na China e se espalhando para outros países. Há um compasso de espera pela reunião da Organização Mundial de Saúde (OMS), que pode decidir se declara o surto de coronavírus uma emergência global de saúde pública e pela primeira leitura do Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA referente ao quarto trimestre, além de balanços trimestrais de grandes empresas como a Amazon e Visa. Na Europa, às 7h24, Bolsa de Londres cedia 0,79%; Paris recuava 1,27% e Frankfurt perdia 0,95%.

Nos mercados futuros de Nova York, Dow Jones tombava 0,63%; S&P500 recuava 0,65% e Nasdaq caía 0,58%. O euro tinha viés de alta a US$ 1,1014, ante US$ 1,1010 no fim da tarde de ontem. Já na Ásia, as bolsas fecharam o pregão desta quinta-feira em baixa significativa, com investidores acompanhando os desdobramentos do surto de coronavírus iniciado na China e um dia depois de o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) manter sua política monetária inalterada.

O japonês Nikkei caiu 1,72% em Tóquio, enquanto o Hang Seng derreteu 2,62% em Hong Kong, e o sul-coreano Kospi teve baixa de 1,71% em Seul. Voltando do feriado do ano-novo chinês, o Taiex sofreu um tombo de 5,75% em Taiwan. Vale lembrar que ss mercados da China continental só voltarão a operar na segunda-feira (03).

Fonte: Broadcast

Compartilhe esse post.

Preencha seus dados e receba as novidades do Travelex Bank

Travelex Bank

Somos o primeiro banco do país a operar exclusivamente em câmbio, aprovado pelo Banco Central do Brasil. Segurança, confiabilidade e conveniência são nossos diferenciais. No Travelex Bank, geramos negócios rentáveis e de valor.

Travelex Bank

Somos o primeiro banco do país a operar exclusivamente em câmbio, aprovado pelo Banco Central do Brasil. Segurança, confiabilidade e conveniência são nossos diferenciais. No Travelex Bank, geramos negócios rentáveis e de valor.